A couve brasileira na Alemanha.

Como gostamos de feijoada, temos de ter couve. Já viram feijoada sem couve? Então plantamos nossa própria couve. As sementes, trazemos do Brasil: Couve Manteiga. No início da primavera plantamos em um vazinho raso e largo e deixamos no balcão. As que plantamos este ano, estavam assim no começo de junho.
A couve começando a brotar.
Colocamos as mudinhas na terra, antes da minha viagem ao Brasil no fim de junho, quando elas tinham mais ou menos 10 cm de altura. Mais ou menos.No fim de agosto, logo depois da primeira colheita, elas estavam assim:
a primeira colheita.
Em meados de setembro, antes da segunda colheita, elas estavam assim:
a segunda colheita
A questão é que logo depois vem o frio e a couve não resiste. Morre. Então temos que conservar para comer com feijoada no inverno!
Para tanto, levamos as folhas colhidas para casa, lavamos uma a uma, picamos tudo como manda o figurino, branqueamos e congelamos. O branqueamento consiste em mergulhar a couve picada em água fervente com sal por mais ou menos 1 minuto. Tirar da água fervente e colocar em água fria, gelada mesmo se possível, para interromper o cozimento. Escorrer bem, colocar em saquinhos, tirar o vácuo com o aparelhinho próprio para isto, lacrar e congelar. O aparelho que faz o vácuo, já lacra o saco. Está pronto!É só rotular e colocar no congelador. Nós sempre colocamos a data de congelamento para podermos controlar. Vamos usando as mais antigas primeiro.Ontem mesmo comemos uma couve congelada em 2001! E estava perfeita.
prepando para congelar.
Em São Paulo já se pode comprar couve congelada. Vi na casa de uma amiga. Mas por aqui, tem-se que fazer mesmo, já que eles, os alemães, nem conhecem nossa couve. Eles conhecem e usam uma grande variedade de parentes da couve. Mas couve mesmo, não tem.Para preparar também não tem segredo. É só descongelar, de preferência com antecedência, e preparar como se gosta. Muitas vezes esqueço de descongelar e acabo descongelando na marra, na frigideira mesmo. Mas, é bem melhor e mais fácil, quando descongelamos com antecedência.

Dá um baita trabalho no dia da colheita. Este ano, só em setembro, congelamos 4 Kg de couve! Pesados nos saquinhos prontos para congelar. Mas vale a pena, quando der palpite de comer couve, com ou sem feijoada, é só tirar do freezer. E bom apetite com sabor brasileiro!

E no ano seguinte, começa tudo de novo…

por RosangelaE em Do antigo Iliquido com  9 Kommentare

Comentários

wilma 19.10.2004 – 15:20

Oi Rosangela, conheci s/blog atraves do s/coment no blog da Dri na Holanda, gostei muito de visitá-la e voltarei mais vezes para conhecê-la melhor e suas habilidades hortifrutíferas, pois tenho me encantado muito com este assunto. Até mais. Uma abraço de Wilma.

angela 19.10.2004 – 20:57

Rosangela,vielen,vielen Dank,
Vc esclareceu minha dúvida, eu havia congelado algumas vagens que plantamos, mas eu cozinhei demais, e nao sabia que tinha que escaldar com agua fria,foi um desastre na hora de descongelar,ficou parecendo mingau.
Vou mostrar já,já ao meu sogro as suas fotos e no próximo ano se DEus quiser teremos couve no jardim,e o aparelhinho´de tirar o vácuo vai fazer parte da minha lista de presente de Natal.
Küsse

rosangela 19.10.2004 – 21:19

Wilma, com a chegada do inverno provavelmente não vou falar tanto assim sobre o jardim. Afinal o jardim entra em repouso e o assunto com ele. :-) Mas volte sempre. Seja bem vinda!E Angela, nós costumamos também congelar vagens. Este ano não platamos vagem, mas no ano que vem já está na lista. O Reiner não acha tão importante assim a parte do resfriamento. Eu acho que o importante mesmo é o tempo na água quente não seja muito longo. A finalidade é matar algum microrgnismo que por acaso esteja presente. Quanto à maquininha de tirar vácuo, o Tschibo sempre traz em oferta. E bem baratinho.:-) Um abraço,

Manoel Carlos 19.10.2004 – 22:44

No Rio se diz: feijoada com couve à mineira. Não é a feijoada que é à mineira :). O tutu também. E como vocês fazem para terem feijão? E aquilo ao fundo é jerimum (abóbora) ou melão?

Alice 20.10.2004 – 18:03

Oi, Rosângela. A Dri me mandou no seu blog. Ela acha que vc é mineira por cauda das couvinhas e do seu jeito com plantas. Suas fotos são lindas, sua mãe é linda. É bom achar cantinhos lindos, verdes e cheios de frescor como o seu na net. Obrigada.

rosangela 20.10.2004 – 20:58

Concordo Manoel, dizem que mineiro nem sabe fazer feijoada! :-) E realmente feijoada não faz mesmo parte das minhas memórias culinárias da ?casa da mãe?. Minha mãe fica brava quando digo isto. Ela diz que sempre fez feijoada em casa. Eu não lembro. Quanto ao tutu eu não sei dizer. Mas este minha mãe sempre fez! Ao fundo na foto o que se vê é uma imensa abóbora. E o feijão, preto pra feijoada e o outro, pro dia a dia, trazemos do Brasil. Mas enquanto mamãe esteve aqui, comemos feijão com tanta freqüência que acabei comprando um vermelhinho que se encontra à venda aqui, que não decepcionou nada não. Mas do preto, pelo menos eu, nunca vi para vender!Pois é Alice. Viu? A Adriana acertou. Eu sou mineira mesmo. Mas não tem nada a ver com ter jeitinho pra plantas. Quem tem dedo verde aqui em casa é meu marido. E, Alice, quem tem de agradecer aqui sou eu. Pela sua visita e por suas palavras tão gentis. Obrigada, e volte sempre.

Sabine C. Kögler 25.07.2005 – 13:46

Boa tarde, gostaria de saber o q tenho q fazer para poder comprar a couve!!!!! Aguardo contato, Sabine.

andrea panzera 29.12.2005 – 23:41

ola, que maravilha…moro na irlanda, posso comprar a sua couve?
um abraco fortr
andrea panzera

rosangela 30.12.2005 – 19:30

Olá Andrea,
quando a Sabine perguntou sobre a compra da couve eu lhe mandei um email com a informação de que não produzimos a couve pra vender. Só produzimos para consumo próprio. E este ano, 2005, nem plantamos couve nenhuma no jardim. Te mando uma resposta por e-mail mas deixo a resposta aqui pra não gerar falsas esperanças a outras pessoas. Plante no ano que vem! Dá um prazer danado plantar e colher. E não dá trabalho nenhum, só plantar e aguar. E congelar é também um bico. É só seguir as dicas acima.
Abraço forte pra você também e feliz ano novo!
Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s