Sociedade de caminhadas pés felizes e bolha d`água.

Depois do passeio sobre a neve, você vão pensar que estou mais do que acostumada a andar por aí na neve. Pois não é bem assim, não.

O Reiner faz parte de uma associação chamada WFFW há mais de 30 anos. Este número assusta a mim também, mas o fundador tinha 12 anos quando fundou este grupo há exatos 52 anos e ainda está lá, firme e forte e todos os encontros. WFFW significa “Wanderverein Froh Fuß und Wasserblas“. Traduzindo: “Sociedade de caminhadas pés felizes e bolha d’água”.  Assumindo que a tradução para Fuß é pé. Mas no dialeto aqui da Suábia (Schwabenland), Fuß significa “tudo que vai do dedão do pé até a parte superior da coxa”, como bem explica o Reiner, como um bom suábio, percorrendo com a mão toda a perna, do dedão do pé até a virilha. Jamais ele diz simplesmente: Fuß significa perna. Atento para o detalhe que, nunca mencionei antes, que Reiner fala português muito bem. Todas estas introdutório só para dizer que a tradução do título da sociedade poderia também ser: “Sociedade de pernas felizes e bolha d’água”. Mas perderia um pouco a sutileza do termo Fuß aqui da região.

Pois bem. Esta turma se reunião quase todos os meses para fazer caminhadas juntos. E andar com esta turma não se compara a fazer um passeio como o que descrevi no post anterior, onde eu determino o meu ritmo, onde paro para tirar fotos a cada dois minutos se quiser. Com eles sempre há um percurso definido a percorrer, cada vez um dos associados se responsabiliza pela escolha do percurso, de reservar um restaurante ao meio dia para um almoço e um restaurante no fim, para as últimas palavras. Ele é o guia do dia. A parada para o almoço pode ser substituída por um lanche no meio do caminho. Mas no inverno, tem que ser em um restaurante por motivos óbvios. E geralmente, em janeiro e fevereiro as caminhadas são perto/dentro de Stuttgart. Já é tradição.

Cada participante recebe com bastante antecedência uma correspondência (atualmente por e-mail) com a descrição básica do percurso a ser percorrido, uma descrição detalhada do ponto de encontro e o número a kilometragem estimada da caminhada. Este número nunca é menos de 16 Km. E era o que estava previsto para a caminhada de domingo passado da qual resolvemos participar. Ao redor de Vaihingen-Stuttgart. Vaihingen é um bairro de Stuttgart.

Nós não participamos com muita freqüência das caminhadas. No ano passado participamos só de uma e escrevi sobre ela aqui.

Andar com esta turma significa também andar no ritmo deles. O que é necessário para conseguir percorrer todo o trajeto durante o dia e ainda parar para comer, antes e depois. Caminhar no ritmo deles significa andar em média 4 Km por horas. Pode-se dizer: significa marchar mesmo. Desta vez andamos 6 horas de caminhada: e os 16Kms viraram 18Km. Parar para tirar fotos? Raramente fiz. Quando se para fica-se pra trás. E tem que correr para recuperar o prejuízo. Se está difícil, você só tem um pensamento: chegar no final, lá no mesmo lugar onde está estacionado o carro.

Desta vez achei que não dava conta. É, pensando bem, acho que pensei isto todas as vezes que andei com este grupo. Mas desta vez eu tinha um motivo concreto: o meu sapato escorregava mais do que o normal. Eu estava usando um sapato própria para andar na neve. Mas não sei porque cargas d?água este sapato tinha uma sola arredondada no calcanhar. Este detalhe mereceria uma longa consideração que tornaria o presente texto muito longo e portanto guardo-as para mim ou para uma próxima vez. O fato é que na primeira meia hora andei no fim da fila, achando que tinha de desistir. Mas como ia ficar muito feio, na primeira parada tomei posição junto com a turma da dianteira, contei minha dificuldade para o Reiner que se postou a meu lado me dando todo apoio. E assim, agüentei firme até o final. Confesso que achei o Hans, o nosso guia da vez, um despótico, um tirano, porque ele corria, corria, corria. Ou assim me parecia. Nem conversar muito com as outras pessoas do grupo não conseguia, o que é um dos grandes diferenciais de participar de uma caminhada como esta.

No grupo há pessoas de todas as idades. Os fundadores trouxeram suas crias, que, parece, vão dar continuidade às atividades do grupo por um longo período. Mas todos eles se conhecem há muito tempo e nunca caminhada de inverno, nunca falta as bolas de neve voando para frente e para trás, com ou sem alvo definido. Enfim, é também sempre divertido, todo mundo tirando sarro de todo mundo.

Claro, o saldo é sempre positivo. Desta sobrou uma dor nas costas. Pés e pernas sentiram é claro, mas devido ao meu esforço para me manter de pé, devido ao meu infindável escorrega- escorrega, o maior reflexo da marcha apareceu mesmo foi nas costas. Mas, depois de um bom banho quente e uma boa noite de sono, o corpo se recupera que é uma beleza. Já estamos prontos para a próxima. Talvez no próximo ano…

por RosangelaE em Do antigo Iliquido  com 8 Kommentare

Comentários

Dodo 22.02.2005 – 12:38

Oi querida irma, parabenizo-a ,voce e todo o grupo ,pela caminhada espetacular. Continue assim .. Um Beijao do Dodo

nora borges 22.02.2005 – 16:27

A foto está espetacular, Ro.
Sabe de uma coisa? Em Recife eu participava de um programa de auto desenvolvimento que exigia essas caminhadas. Era maravilhoso poder estar caminhando com um grupo por lugares belíssimos, mas não entendia o por que de ter que correr e fazer tudo como se tivessemos alí por obrigação e não por prazer. Tinha gente que chorava, gente que caia… eu achava isso um absurdo!
Um beijo

Manoel Carlos 22.02.2005 – 18:52

É uma atividade saudável, mas requer condições de segurança.
Segurança em relação a assaltos; em relação a automóveis, quando em berma de estrada, etc.
Não seja pessimista, este ano você conseguirá participar de seis caminhadas.

Silvana 22.02.2005 – 22:11

Ro!!
Que legal este passeio e foi aqui em Stuttgart.Ainda nao conheco Vaihingen.O problema pelo que eu li,foi poder fazer as fotinhos e acompanhar o ritmo do pessoal né!!rsrs.Linkei vc no meu blogg!! que bom que vc gostou do meu blogg.Rimos agora com a compra dos seus cartoes!!temos que escrever um livro!!!!rsrs
beijao,
Sil

Luana 23.02.2005 – 16:24

_______*********________
_______*********________
_______*********________
_______*********________
_______*********________
_______*********________
_______*********________
_______*********________
************************
_**********************_
__********************__
___******************___
____****************____
_____**************_____
______************______
_______**********_______
________********________
_________******_________
__________****__________
___________**___________
__________Olá___________
__Vim dizer que há post novo__
_lá no meu blog… É sobre uma __
__ divulgação que criei.. Passa lá_
__e tenta seres tu o próximo___
________destacado.. ________
______Beijinhos Lunares______

Luiza 24.02.2005 – 12:03

Oi Rosangela
Adorei a ideia da cominhada, mas 16/18 km é muito para mim, portanto parabéns pela coragem!
As fotos pelo caminho sao lindas!
Bjs
Luiza

nora borges 24.02.2005 – 13:30

Passei aqui só pra te dizer o menu dos 16 convidados: feijoada!
Muchas gracias pela idéia!

Ale 24.02.2005 – 15:56

Ahaha… Legal essa explicacao dos pes/pernas… ahahaha… E “bolhas d’agua” nao deixam sobra de duvida que o negocio eh serio!
Eu li esse texto ontem, e anoite quando saimos para encontrar uns amigos, eu tinha a impressao que meu calcanhar estava deslizando, tb com sapato especial. Fiquei pensando se nao seria o chao, no caso era pedra… Sei la… Dai lembrei do seu texto… Se fosse para andar mais que 1km, eu nao sei se dava conta nao!!!
BEIJAO
Anúncios

One thought on “Sociedade de caminhadas pés felizes e bolha d`água.

  1. Pingback: Caminhada pelo Siebenmühltal « ilíquido

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s