Dresden

Foi a primeira vez que fui a Dresden, que fica no,  antigo, lado oriental da Alemanha. A cidade foi quase totalmente destruída durante bombardeios do fim da guerra, entre 13 e 14 de fevereiro de 1945. Em uma noite morreram 53.000 habitantes na cidade.

Dos 700 prédios históricos então existentes, 30 ainda estão de pé. Alguns deles foram totalmente reconstruídos. A sensação do momento na cidade é a reconstrução da Frauenkirche – Igreja das mulheres. Totalmente destruída pelos bombardeiros, ela começou a ser reconstruída em 1994.

Já de pé, a igreja impressiona não só pela sua construção em si, mas também pelo fenomenal trabalho de reconstrução, em grande parte financiada por doações. Conta-se que as pedras que puderam ser recuperadas das ruínas foram selecionadas e reintegradas na reconstrução no exato local a que elas originalmente pertenciam. Estas pedras, escuras, se destacam na fachada de pedras novas, claras.

Atualmente estão em andamento os acabamentos finais da parte interna da igreja e a grande inauguração tem data marcada: 30 de outubro de 2005.

E depois deste esforço todo a igreja vai ficar escondida atrás de um grande prédio comercial que está sendo construído bem na frente dela. Pena. Daqui um ano, não se poderá mais ver a igreja deste ponto onde tirei a foto ao lado.

Para ver mais fotos que fiz de Dresden ? em slideshow, clique aqui!

Clique para ver mais fotos da reconstrução da igreja.

por RosangelaE em Impressões de viagem. 4 Kommentare | TrackBack (0)

Comentários

Silvana 16.03.2005 – 23:13

Oi Ro!!
Nao conheco Dresden ainda, tenho uma amiga que de vez em quando vai ate lá(pois seu marido vai na universidade) e ela sempre diz que vale a pena conhecer.Deu para conferir com as fotos, alias mais uma vez vc deu um show de fotos lindas.beijos,
Sil

Manoel Carlos 17.03.2005 – 03:12

Dresden é sede da Rede A Cidade e a Sociedade da Informação do Programa URB-AL, da União Européia; eu sou o representante do Rio de Janeiro nesta rede.

Dodo 18.03.2005 – 10:18

Nana dizem que Dresden era a Veneza do Reno ( ou Danubio ?).Realmente é incrivel a reconstrução .
Dodo

telma 22.03.2005 – 03:40

Magníficas fotos, Rô. Você deu realmente mais um show de fotos lindas!! Uma pena mesmo que a igreja vá ficar encoberta pelo prédio… Mas o mais importante é que estão reconstruindo e isso é de fato incrível. Aliás, é “igreja das mulheres” porque era freqüentada só por mulheres?

Sabe, sempre tive fascinação para ver essas ‘duas’ Alemanhas. Até que ponto realmente se tornaram ‘duas’? Será que é possível dizer que a alma de um povo é ‘assim assado’? E se for possível, será que essa alma ‘assim assado’ muda muito de ficar enclausurada como os alemães orientais ficaram por tanto tempo? A gente sabe que a divisão entre Alemanha Oriental e Ocidental foi feita de comum acordo entre Grã Bretanha, EUA e a antiga URSS, mas que parece outro dos experimentos sádicos do Fuhrer, isso parece: “Vamos ver o que acontece se separarmos um só povo em dois?”
Que coisa mais triste, não? Às vezes me parece irreparável.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s