Dando o tom.

Ele dá o tom no pedaço. Literalmente. Quando entrei para inspecionar a madurez das jabuticabas, ele olhou bravo pra mim, cantou de galo esporeando o chão. Eu peguei um cabo de vassoura dando sopa por lá e apontei pra ele, bem demonstrativa. Ele entendeu. Deixou-me em paz.

O galo dá o tom, mas quem é responsável pelas surpresas são elas. As galinhas. Primeiro, enquanto me mostrava tudo no quintal, minha mãe descobriu um ninho que elas mesmas improvisaram. Depois, num outro dia, depois da ronda pelo quintal de manhã, minha mãe entrou na sala mostrando três ovos na mão: o indecifrável. Como é que, com apenas duas galinhas no quintal, ela colhia três ovos ao dia? Nem todo dia, é certo. Mas três ovos?  Talvez o galo dê mais que o tom.

O ninho:

Anúncios

One thought on “Dando o tom.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s